Meio-irmão de Obama faz show beneficente na China

Pequim, 18 jan (EFE).- Mark Ndesandjo, o meio-irmão do presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, participou de um discreto concerto beneficente para os órfãos da cidade de Shenzhen, no sudeste da China, informou hoje a imprensa local.

EFE |

Na sexta-feira, a Câmara de Comércio dos EUA organizou uma noite de caridade em prol dos órfãos da cidade. Segundo uma publicação local que atende pelo nome de "ShanghaiIst", cerca de 200 pessoas foram assistir Ndesanjo.

Desde a vitória de Obama nas eleições de 4 de novembro, Ndesandjo, que interpretou três composições musicais ao piano em Shenzhen, vive sendo assediado pela imprensa.

Além da canção chinesa "Rio Liuyang", o meio-irmão de Obama tocou "Noturno nº1", de Chopin, e "Viper's Drag", do pianista de jazz Fats Waller.

Durante a noite beneficente, Ndesanjo se recusou a falar com os jornalistas. A única menção que o músico fez a seu irmão durante sua atuação foi um "Também gosto do meu presidente!".

Além disso, ele anunciou que ontem pretendia tomar um voo com destino a Washington, aparentemente para assistir à posse de Obama.

O concerto em prol dos órfãos de Shenzhen, cidade na qual Ndesandjo vive há sete anos e onde abriu uma cadeia de restaurantes com um grupo de sócios, arrecadou 250 mil iuanes (US$ 36,558 mil).

O meio-irmão de Obama fala mandarim, escreve chinês e é vegetariano. EFE mz/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG