Meio ambiente e esporte ganham relevância

Pesquisa mostra que prefeituras estão preocupadas com meio ambiente. Índices melhoraram e Região Norte é destaque

iG São Paulo |

IBGE mostra o retrato dos municípios brasileiros. Veja principais dados

As administrações municipais estão mais preocupadas com o meio ambiente. Entre 2008 e 2009, saltou de 77,8% para 84,5%, o percentual de municípios com órgãos específicos para tratar da questão. Quanto mais populoso o município, maior as chances de desenvolver projetos voltados para a área ambiental, seja com secretarias exclusivas, conjuntas ou subordinadas, de acordo com a pesquisa. Os dados fazem parte da pesquisa Perfil dos Municípios Brasileiros – Gestão 2009, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) nesta quinta-feira. 

Segundo o levantamento, pela primeira vez, mais da metade das cidades brasileiras possui conselhos de Meio Ambiente. São 56,3% dos municípios contra 36,7%, em 2004. Cresceu também a participação dos municípios em comitês de bacias hidrográficas - eram pouco mais de 47% em 2002; hoje, são 61,1%. 

As cidades também começam a se preocupar com leis específicas para a área. No País, são 46,8% das cidades com legislação ambiental, um aumento em relação a 42,5%, número de 2002. As regiões campeãs são Sudeste (53,7%), Sul (52,2%) e Norte (49,9%). 

Embora os indicadores estejam bastante relacionados com o tamanho da cidade (em municípios mais populosos eles tendem a ser melhores do que em municípios menores), fica o destaque para a Região Norte: ali estão os maiores percentuais de prefeituras com algum tipo de órgão ambiental (92,2%), tendo o maior número de secretarias municipais exclusivas para meio ambiente (44%). No Nordeste, por exemplo, esses valores são de 80,5% e 21,7%, respectivamente, os mais baixos do país. 

A região também está em primeiro lugar em financiamento de ações na área ambiental, com 43,9% das prefeituras com fundos que financiaram algum tipo de projeto no último ano. A Agenda 21, conjunto de ações de desenvolvimento sustentável, também é mais presente nos estados do Norte: 27,4%. Em 2002, este número era de 15,5%. 

Esportes

Os esportes também ganham a cada ano preponderância nas administrações. Prova disso é que, segundo a pesquisa, apenas 5,9% dos municípios não têm órgãos gestores para a área. Enquanto isso, em dez anos, houve aumento de 33,4% dos municípios que passaram a contar com quadras ou ginásios esportivos. Com isso, hoje em dia praticamente nove entre dez cidades possuem espaços públicos para a prática esportiva. Já os espaços culturais como museus, raros no final dos anos 1990, estão presentes hoje ainda em apenas um a cada quatro municípios brasileiros.

    Leia tudo sobre: Perfil dos MunicípiosIBGE

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG