Mega-Sena pode pagar 4º maior prêmio da história neste sábado

SÃO PAULO ¿ As casas lotérias de todo o Brasil devem registrar movimento intenso nesta sexta-feira e no sábado, 26, dia em que será sorteado na cidade de Juqueri (MG) o 4º maior prêmio da história da loteria no valor de R$ 52 milhões. As apostas para o concurso 990 da Mega-Sena podem ser feitas até as 19h de sábado, em todas as casas lotéricas do país. O valor mínimo para participar é de R$ 1,75.

Maria Rita Fava, do Último Segundo |

O prêmio nº1 acumulado em R$ 64,9 milhões foi sorteado em 1999 e saiu para um sortudo de Salvador, na Bahia. Na quarta-feira, 23, o concurso de número 989 teve seu sorteio realizado pela Caixa Econômica Federal, em Toledo, no oeste do Paraná.

Os números de ouro 02, 21, 27, 29, 32 e 38, no entanto, não trouxeram sorte aos apostadores para a primeira faixa de premiação que estava valendo R$ 30 milhões. Segundo a Caixa Econômica Federal, 130 apostadores acertaram a quina e ganharam R$ 23.437,38 cada um. Outras 10.296 pessoas acertaram a quadra e cada qual recebeu R$ 295,93. A loteria segue acumulada desde 5 de julho.

Neste ano, a Mega-Sena já distribuiu R$ 295,7 milhões em todas as faixas de premiação. Deste valor, R$ 175 milhões foram pagos a 21 apostadores que acertaram suas fézinhas na faixa principal. O maior prêmio de 2008 saiu em 2 de julho para um apostador de Ibirama (SC), no valor de R$ 24 milhões.

Vida boa
Na fila das lotéricas, em São Paulo, a maioria dos apostadores afirma não ter idéia do que fazer com a bolada de R$ 52 milhões. A casa própria, carros, propriedades rurais e viagens ficam no topo da lista dos sonhos de quem acredita que a sorte grande pode um dia bater à porta.

De acordo com informações do jornalista e professor de política e economia da FIAM, Edson Rossi, quando aplicados em renda fixa, os R$ 52 milhões renderiam, em média, R$ 216.000 mil por mês. Caso haja apenas um vencedor, ele terá cerca de R$ 7.200 mil em rendimento de juros por dia. Em 24 horas este sortudo tiraria o que um trabalhador brasileiro que ganha R$ 2 mil por mês conseguiria em três meses e meio, aproximadamente, explica Rossi.

É um valor astronômico para a realidade Brasil. Quem aplicar R$ 52 milhões terá, em uns quatro meses, apenas com o rendimento de juros o equivalente ao que o trabalhador que tira R$ 2000 mil por mês teria em trinta anos, o montante de R$ 216 mil, complementa.

Bom uso
Segundo Rossi, para usar o dinheiro de maneira racional, a dica é dividi-lo em três partes e aplicá-las tanto em renda fixa, quanto em títulos do tesouro nacional e no mercado de ações. A primeira aplicação é mais conservadora. Em outras palavras, mais garantida. As outras duas são mais em longo prazo, mas, podem render bastante, opina Rossi.

Outra idéia é dividir os R$ 52 milhões em quatro partes desiguais e usar mais ou menos uns 10% para investimentos no mercado de imóveis. Vale apostar em lugares que apresentam projeção de valorização, como a cidade de Salvador, por exemplo. O restante iria para as aplicações já citadas, conclui o especialista.

    Leia tudo sobre: loteriamega-sena

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG