Reconstituição do crime será feita quando Nayara estiver recuperada, diz delegado" / Reconstituição do crime será feita quando Nayara estiver recuperada, diz delegado" /

Médicos realizam exames em órgãos de Eloá que serão doados

SÃO PAULO - A diretora do Centro Hospitalar Santo André, Rosa Aguiar,afirmou que estão sendo realizados exames nos órgãos da jovem Eloá, baleada na cabeça na sexta-feira pelo ex-namorado Lindemberg Alves, de 22 anos, durante sequestro de mais de 100 horas em Santo André (SP). Segundo a médica, esses exames são para encontrar doadores compatíveis. Os órgãos da jovem devem ser retirados à noite, ou na madrugada, informou Rosa. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/10/19/reconstituicao_do_crime_sera_feita_quando_nayara_estiver_recuperada_diz_delegado_2055039.html target=_blankReconstituição do crime será feita quando Nayara estiver recuperada, diz delegado

Lectícia Maggi e Amanda Demétrio |

Por volta de 23h30 de ontem (sábado), a adolescente teve a morte cerebral confirmada pela equipe médica do Centro Hospitalar Santo André. 

A autorização da doação dos órgãos foi confirmada, por telefone, pelo irmão de Eloá, segundo Rosa. A família de Eloá está em casa e deve se dirigir ao hospital na parte da tarde para assinar os documentos autorizando as operações.

A equipe da Organização à Procura de Órgãos (OPO), do Instituto Dante Pazanezzi de Cardiologia, chegou ao hospital por volta de meio dia. A perspectiva é que sejam doados coração, rim, córnea, entre outros, porque Eloá era jovem e tinha boas condições de saúde.

A previsão é de que o corpo de Eloá seja liberado entre 23h e 1h da manhã. Os possíveis receptores dos órgãos devem ser contatados ainda hoje e as operações de transplante devem ocorrer de madrugada.

A adolescente é mantida viva por ajuda de aparelhos. Antes de confirmar a morte cerebral, os médicos informaram que foram realizados exames específicos, mas Eloá não apresentou nenhuma atividade cerebral.

O secretário Estadual de Saúde, Dr. Luiz Roberto Barradas Barata, e o de Justiça, Luiz Antônio Guimarães Marrey também compareceram ao hospital para prestar solidariedade às famílias das vítimas e "para verificar o que o Estado pode fazer para dar conforto a todos".

AE
Exame mostra onde bala ficou alojada/ Foto AE
Exame mostra onde bala ficou alojada no cérebro da jovem Eloá/ Foto AE

A diretora do Centro Médico Hospitalar de Santo André, Rosa Aguiar, explicou que a bala não pôde ser retirada. O projétil entrou pelo lado direito da testa e ficou alojado no lado direito da nuca, o que prejudica o quadro da jovem. 

A lesão no cérebro foi agravada pelos fragmentos da bala, causando um quadro chamado lesão térmica, que contribui com o aumento do edema. O outro disparo, que atingiu a virilha de Eloá, foi retirado. Baleada na cabeça, ela perdeu muito sangue e massa encefálica. 

Nayara

Por volta de 9h deste domingo, os médicos divulgaram novo boletim médico da jovem Nayara, que levou um tiro no rosto. Segundo informações do cirurgião buco-maxilo-facial Gabriel Pastore Nayara tem um bom estado geral, está consciente e teve diminuição do edema - inchaço - do rosto. Os ossos da face apresentam reposicionamento, não há fragmentos de bala e ela deve receber alta até o final da semana. Ela ainda não foi informada da morte cerebral da amiga. 

Serra foi ao centro hospitalar
Serra foi ao Centro Hospitalar/ Foto AE

O governador de São Paulo, José Serra, foi ao centro hospitalar para visitar as jovens durante a madrugada de sábado. O prefeito de Santo André, João Avamileno, também compareceu ao hospital por volta de 9h da manhã do sábado para prestar solidariedade à família das vítimas.

AE
Amigo se emociona diante do hospital
Amigo se emociona diante do hospital

O caso

O sequestro começou na segunda-feira (13) e se prolongou até sexta-feira, tendo durado mais de 100 horas. Lindemberg invadiu o apartamento de Eloá por volta das 13h30, por estar inconformado com o fim do relacionamento com a estudante. Na terça-feira, ele libertou a amiga da ex-namorada, Nayara, que foi rendida novamente na manhã de quinta-feira. Seu retorno foi pedido pelo sequestrador como condição para a libertação de Eloá, mas, quando a menina entrou no apartamento, se tornou refém de novo.

Apesar de amigos dizerem que Lindemberg é uma pessoa tranqüila, o coronel disse que durante toda a operação o comportamento do sequestrador variou muito entre o agressivo e o compreensivo. Félix ainda afirmou que, segundo Nayara, o adolescente agredia a ex-namorada.

Ele defendeu a atuação da polícia no caso, afirmando que tentaram preservar a vida de todos, mas que a ocorrência era de alto risco. Do mesmo jeito que estão questionando agora, poderiam estar aplaudindo, afirmou.

Assista ao vídeo abaixo

Pais de Eloá autorizam doação de órgãos

(Com informações da Agência Estado)

Leia também:

Leia mais sobre: sequestro

    Leia tudo sobre: sequestro eloá

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG