Médico é suspeito de furtar carteira de paciente em Jundiaí

JUNDIAÍ - O médico N.S.F, de 65 anos, é suspeito de ter furtado a carteira de um paciente durante o atendimento em um hospital de Jundiaí, a 65 km de São Paulo. O médico foi preso, mas libertado após pagar uma fiança de R$ 10 mil.

Redação |

De acordo com Orlando Raul Pavan, delegado assistente da Delegacia Seccional de Jundiaí, onde o caso foi registrado, o ajudante geral Christian Caetano da Silva relatou que foi a um pronto socorro do Sistema Único de Saúde (SUS) porque estava com fortes dores nas costas.

Durante a consulta, N.S.F teria pedido que ele ficasse de costas para poder ser examinado. Neste momento, teria se aproveitado para retirar a carteira que estava no bolso traseiro da vítima. Nela, o ajudante geral carregava documentos, cartões bancários e R$ 177 em dinheiro.

Conforme a polícia, a carteira foi encontrada sem o dinheiro jogada nos fundos do hospital. O caso será investigado.

Leia mais sobre: furto

    Leia tudo sobre: furtomédico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG