SÃO PAULO - Um médico plantonista foi detido por policiais militares na madrugada deste sábado após, segundo testemunhas, agredir duas pessoas dentro do pronto-socorro municipal do bairro de Riacho Grande, em São Bernardo do Campo, no Grande ABC Paulista.

Com sinais de embriaguez e manchas de sangue na roupa, o médico foi encaminhado ao 3º Distrito Policial da cidade. O médico teria agredido um casal, a paciente e o namorado que a acompanhava, por volta das 2h30.

Segundo um dos funcionários do pronto-socorro, o doutor teria ficado furioso ao ser incomodado enquanto cochilava em local reservado, pela paciente que esperava para ser atendida. Ao ver a namorada sendo agredida, o rapaz tentou defendê-la. "Te pego lá fora, eu sei onde você mora", teria dito o médico ao namorado da paciente.

O casal agredido foi encaminhado ao pronto-socorro central da cidade. O médico, identificado apenas como "Dr. Amauri", negou-se a realizar o teste de bafômetro e, depois de prestar depoimento, foi liberado, segundo a polícia.

Leia mais sobre agressão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.