Médico de Michael Jackson voltará a clinicar na próxima semana

WASHINGTON ¿ O doutor Conrad Murray, médico pessoal de Michael Jackson no momento de sua morte, retomará sua atividade médica na próxima segunda-feira, segundo disse hoje seu advogado.

EFE |

O site "TMZ", que seguiu de perto todos os eventos desde a morte de Michael, assinala que Murray voltará ao trabalho na Clínica Armstrong, em Houston (Texas).

Murray, de 56 anos, é cardiologista e estava junto à cama de Michael quando o cantor morreu no dia 25 de junho. Desde então o médico pessoal cantor se transformou no centro de uma investigação por homicídio, que levantou numerosas especulações.

A Polícia revistou a clínica de Murray no dia 22 de julho, assim como outras propriedades do médico em Las Vegas e Califórnia, embora as autoridades não tenham apresentado acusações contra ele.

O último capítulo desta investigação indica que Murray comprou cinco ampolas do anestésico que causou a morte do "rei do pop" um mês antes do falecimento, segundo documentação judicial divulgada esta semana.

Murray assegurou que Michael era um usuário habitual de Propofol para conciliar o sono, e que tinha desenvolvido uma dependência do medicamento ao qual ele tentou pôr fim.

Leia mais sobre: Michael Jackson

    Leia tudo sobre: michael jackson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG