Médico de Michael Jackson é acusado de homicídio involuntário

Los Angeles (EUA), 8 fev (EFE).- A procuradoria de Los Angeles apresentou hoje acusações contra o médico pessoal de Michael Jackson, Conrad Murray, acusado de ter responsabilidade, embora involuntariamente, pela morte do rei do pop, informaram as autoridades.

EFE |

EFE fmx/fm

    Leia tudo sobre: michael jackson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG