Médica é assassinada e filha de um ano fica abandonada em rodovia na Bahia

SALVADOR - A polícia de Salvador, na Bahia, investiga o sequestro e a morte da pediatra Rita de Cássia Tavares Martinez, de 39 anos, na tarde de quinta-feira. A filha de Rita foi abandonada pelos criminosos no carro da família.

Redação |

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 14h, policiais encontraram uma Zafira preta abandonada no quilômetro 578 da BR 324, no município de São Sebastião do Passé. Dentro dela, estava a filha de Rita, de apenas um ano e oito meses, dormindo.

A criança e o veículo foram levados ao posto da PRF em Simões Filho. O pai da criança foi acionado e permaneceu toda a tarde no posto acompanhando as investigações.

No início da noite, a Polícia Civil encontrou o corpo da médica às margens de uma rodovia na cidade de Santo Amaro, sem marcas aparentes de tiros.

Conforme a PRF, uma das hipóteses é que a pediatra tenha sido abordada e levada por bandidos quando saia de um shopping com o bebê. Eles a teriam agredido e jogado para fora do veículo.

Apenas a carteira da vítima foi roubada. Outros pertences de valor, como jóias, relógio e celular, não foram levados.

A polícia ainda não tem pistas de nenhum suspeito do crime.

Leia mais sobre: assassinato

    Leia tudo sobre: assassinatobahiamédicapolíciaseqüestro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG