Mecânico confessa ter asfixiado crianças em Americana

O mecânico e piloto de caminhonete bigfoot Celso Pereira de Assis, 34 anos, voltou atrás e, em novo depoimento, confessou ter matado por asfixia as crianças Camila, 8 anos, e Laura, 1 ano e meio, filhas de seus patrões, o casal de empresários Robson Douglas Tempesta, 39 anos, e Ana Paula Duca Tempesta, 31 anos em 14 de janeiro, informou a polícia de Americana.

Agência Estado |

Assis disse que introduziu meias na boca e enrolou lacre plástico no pescoço das crianças e as trancou no banheiro. Ele já havia confirmado ser o autor dos 16 disparos que matou o casal, quando foi preso em 27 de janeiro.

Também estão detidos como coautores dos crimes sua companheira, Fabiane dos Santos Pinheiro, 29 anos, e Bruno Magrini Palumbo, 25 anos. Com o novo depoimento, o delegado Claudio Navarro, da polícia de Americana, encaminhou ao inquérito policial ao fórum. Os acusados vão aguardar julgamento na prisão.

Leia mais sobre: assassinato

    Leia tudo sobre: assassinato

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG