SÃO PAULO - A maternidade da Santa Casa de Misericórdia de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, está fechada desde a última segunda-feira após a morte de oito bebês. As mortes registradas no hospital somente em novembro estão acima da média mensal de três óbitos.

Desde quarta-feira a Vigilância Sanitária Estadual realiza inspeções no local para apurar as causas das mortes. A suspeita inicial é que os bebês tenham sido vítimas de infecção hospitalar.

Informações preliminares da Prefeitura de Mogi aponta que hoje seis crianças estão na UTI neonatal aguardando transferência ou alta médica. Desde segunda à noite, as mães que chegam à Santa Casa são encaminhadas ao hospital particular Santana.

Leia mais sobre: maternidade

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.