Massa de ar seco deixa umidade relativa baixa em São Paulo

SÃO PAULO - A umidade relativa do ar segue baixa nesta segunda-feira em São Paulo em função da atuação de uma massa de ar seco que predomina sobre a região Sudeste, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE).

Redação |

Nesta tarde, a umidade relativa deve ficar entre 30% e 35%. De acordo com o CGE, quando o índice está entre 20% e 30% é considerado estado de atenção.

AE
Poluição é vista no horizonte de São Paulo na última sexta-feira

Na última sexta-feira, a capital paulista registrou o recorde histórico de baixa umidade relativa do ar. De acordo com a estação convencional do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), localizada no Mirante de Santana, na zona norte, o índice atingiu 10% às 15h, o que é considerado estado de emergência.

Nessas situações, a população deve ingerir muito líquido, interromper atividades ao ar livre entre as 10h e 16h, evitar lugares fechados com aglomerações e, durante a tarde, manter com umidade os ambientes internos, principalmente no quarto de crianças.

Previsão do tempo

A previsão para esta segunda é de calor na capital paulista, com termômetros marcando até 29ºC.

Nos próximos dias, uma frente fria avança em direção a São Paulo e, segundo o CGE, o tempo começa a mudar a partir da quarta-feira na capital paulista e região metropolitana.

Os maiores volumes de chuva são esperados entre a quinta e a sexta-feira, mas já na terça-feira a quantidade de nuvens aumenta consideravelmente em relação aos últimos dias e pode chover de forma isolada no fim do dia.

Leia mais sobre umidade do ar

    Leia tudo sobre: chuvasprevisão do tempoumidade do ar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG