O sul do Rio Grande do Sul foi surpreendido por nevadas, raras na região, na tarde de hoje. Segundo a MetSul Meteorologia, o fenômeno foi provocado pelo encontro de uma massa de ar polar, seco, mas extremamente frio, com a umidade jogada do Oceano Atlântico para o continente por um sistema de baixa pressão e a circulação de ar úmido vindo do norte da Argentina e do Paraguai.

AE
Carro coberto por neve no município de Pinheiro Machado (RS)
Carro coberto por neve em Pinheiro Machado (RS)

Nos municípios de Pinheiro Machado, Canguçu e Piratini os flocos se acumularam sobre telhados, carros, ruas e campos. O fenômeno também ocorreu em Aceguá, Bagé e Santana do Livramento, onde os flocos, menores, caíram misturados à chuva, se desmanchando ao chegar ao chão. A temperatura baixou para 2,2 graus durante a tarde em Pelotas e Canguçu, mas como as rajadas de vento atingiram 40 quilômetros por hora, a sensação térmica chegou a sete graus negativos.

A analise da MetSul indica que o avanço da frente fria para o norte será lenta. "Há perspectiva de neve na serra gaúcha nas madrugadas de amanhã e domingo", acredita o meteorologista Eugênio Hackbart. No sul do Estado, no entanto, a tendência é de o céu limpar ao longo do sábado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.