Masp abre amanhã mostra com 178 gravuras de Chagall

Quando o artista russo Marc Chagall (1887-1985), considerado o maior pintor judeu do século 20, aceitou a encomenda do marchand francês Ambroise Vollard (1866-1939) para ilustrar a Bíblia na década de 1930, ainda não dominava totalmente a técnica da gravura. Porém, a série bíblica de Chagall tornou-se, hoje, um dos pontos altos da carreira do artista, homenageado pelo Museu de Arte de São Paulo (Masp) com uma exposição de 178 gravuras, O Mundo Mágico de Marc Chagall, que reúne, além dela, suas ilustrações para as fábulas de La Fontaine e uma série de litogravuras baseada no idílio pastoral de Dafne e Cloé.

Agência Estado |

Encomendado por Vollard, que patrocinou a série mais conhecida de gravuras de Picasso (Suíte Vollard), o conjunto de águas-fortes aquareladas composto por 105 ilustrações da série A Bíblia não foi visto em sua totalidade por ele, que morreu antes de sua conclusão. Interrompida durante a guerra, Chagall retomou a série nos anos 1950, finalmente publicada em 1956 pelo editor Teriade. O artista, desobedecendo ao segundo mandamento, não só submete o livro sagrado a ilustrações, como representa Deus com feições de rabino. O uso contido da cor deve-se à pouca familiaridade com a técnica da gravura em metal quando Chagall iniciou a série (1931).

Já Dafne e Cloé, série com 42 gravuras, foi realizada após uma viagem do pintor pelo mundo grego dos dois pastores adolescentes que, sob a influência de Eros, descobrem o amor. Feita entre 1953 e 1954, a série revela Chagall em pleno domínio da técnica da litografia, usando cores matissianas e uma pedra para cada tonalidade, totalizando numa única gravura 25 pedras.

Segunda série de gravuras (a primeira foi Almas Mortas, de Gógol), encomendada por Vollard, As Fábulas de La Fontaine (1926/1927) ainda mostra pouco domínio da técnica, que aprendeu com o alemão Hermann Struck (1876-1944) em 1922. A série não é exibida integralmente. No Masp estão expostas apenas 23 gravuras. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Mundo Mágico de Marc Chagall - MASP (Av. Paulista, 1578). Fone: (11) 3251 5644. De 23 de janeiro a 28 de março. De terças a domingos e feriados, das 11h às 18h. Às quintas das 11h às 20h. R$ 15. Estudantes: R$ 7. Gratuito até 10 anos e acima de 60 anos. Às terças-feiras a entrada é gratuita. www.masp.art.br .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG