Martinho da Vila lança hoje em São Paulo seu novo livro

SÃO PAULO ¿ Além de ser homenageado no sambódromo pela Tom Maior, com o samba-enredo Uma nova Angola se abre para o Mundo! Em nome da paz, Martinho da Vila canta a Liberdade!, Martinho da Vila será recebido por bateria, passistas, puxadores, mestre-sala e porta-bandeira e grande parte do elenco da escola na calçada em frente à Fnac da Paulista. É que o cantor realiza hoje uma noite de autógrafos ¿ a partir das 19h ¿ de seu novo livro, o romance A Serra do Rola-Moça (ZFM Editora), além do CD e do DVD O Pequeno Burguês (MZA).

Agência Estado |

Já "A Serra do Rola-Moça" é o nono livro do músico e o seu primeiro romance. Tem escritor que já publicou mais de 50 livros e não é conhecido. Eu escrevo há 20 e não tenho nenhum best-seller, lembra. O livro é baseado no poema homônimo do paulista Mário de Andrade, musicado por Martinho. O poema conta a história de um jovem casal de noivos que, após o casamento, tem de atravessar uma perigosa serra, cada qual no lombo de um cavalo. O animal que a moça montava se assustou e se jogou do morro, matando-a, daí o nome da serra.

O livro é uma novela que conta a história de uma grande família mineira. Todas as famílias têm boas histórias. Resolvi contar uma delas e também passar para o livro a poesia de Mário de Andrade, explica Martinho da Vila. Ele ainda aproveitou para desmentir as notícias de que estaria fazendo uma parceria com Paulinho da Viola. Eu e o Paulinho conversamos muito. Vez por outra surge a ideia de gravarmos juntos. Mas não estamos trabalhando nisso, não. Um dia, quem sabe a gente se reúne para gravar, mas, neste momento, não estamos fazendo absolutamente nada a respeito.

    Leia tudo sobre: música

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG