Marta promete mapear e combater trabalho infantil

A candidata da coligação Uma Nova Atitude para São Paulo (PT-PCdoB-PDT-PTN-PRB-PSB) à Prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy, recebeu hoje na sede do seu comitê procuradores do Ministério Público do Trabalho e representantes do Fórum Paulista de Erradicação do Trabalho Infantil. Marta se comprometeu, se eleita, a mapear a exploração do trabalho infantil na capital paulista.

Agência Estado |

Ela ressaltou que é preciso saber onde está a raiz do problema para poder combatê-lo com eficiência. Durante à tarde, Marta cumpriu agenda interna. À noite, se reuniu com integrantes da Liga das Escolas de Samba, na sede da entidade, na zona norte da cidade.

Já o candidato da coligação "São Paulo, na Melhor Direção" (PSDB-PTB-PHS-PSL-PSDC), Geraldo Alckmin, concedeu pela manhã entrevista a uma rede de rádio e à tarde preferiu ir às ruas conversar com eleitores. Fez caminhada pelo comércio da Penha, bairro da zona leste, e parou em um salão de cabeleireiros para cortar o cabelo.

Paulo Maluf, do PP, também optou pelo corpo a corpo. Visitou o comércio do bairro Santa Efigênia, no centro, e conversou com eleitores. À tarde, deu entrevista a um site de internet.

Soninha Francine, do PPS, se reuniu com representantes do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e debateu planos para assegurar que cada criança e adolescente tenha todos os direitos protegidos e respeitados.

Ivan Valente, da coligação "Alternativa de Esquerda para São Paulo" (PSOL-PSTU), Edmilson Costa, do PCB, e Renato Reichmann, do PMN, usaram o dia para gravar programas de campanha na TV. Ciro Moura, da coligação "Tostão contra o Milhão" (PTC-PT do B), e Levy Fidélix do PRTB, discutiram planos de governo e participaram de reuniões partidárias.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG