Marta diz que PT não depende de apoio do PMDB para lançar candidato em SP

BRASÍLIA - A ministra do Turismo, Marta Suplicy, declarou nesta quarta-feira que o PT não depende de uma aliança com o PMDB para lançar a sua candidatura à prefeitura de São Paulo. Segundo Marta, as conversas continuam embora nos bastidores das conversações seja apontada como a mais provável a coligação dos peemedebistas com os democratas, partido do atual prefeito Gilberto Kassab.

Rodrigo Ledo ¿ Último Segundo/Santafé Idéias |

Estamos aguardando o que eles (peemedebistas) vão decidir. O (ex-) governador Orestes Quércia tem um papel importante de estar avaliando opções. O PMDB é uma das opções importante que temos, mas temos várias opções importantes, observou Marta Suplicy, ressaltando que ela nem mesmo decidiu se vai se ser candidata às eleições municipais paulistanas.

A importância do PMDB para os partidos que pretendem disputar a prefeitura se explica por fatores como um grande reforço das propagandas eleitorais das coligações na televisão. Nós temos um interesse evidentemente, e continuamos as conversas. Mas não dependemos do apoio do PMDB, destacou a ministra.

    Leia tudo sobre: marta suplicy

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG