Marisa Serrano diz que Álvaro Dias permanecerá na CPI

A próxima semana será crucial para a continuidade da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o uso dos cartões corporativos. É o que declarou a presidente da comissão, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), em entrevista hoje à Rede Eldorado de Rádio de Rádio.

Agência Estado |

"Se a base do governo continuar com a idéia de não votar nada, a CPI realmente acaba na quinta-feira", informou. Marisa informou que em hipótese nenhuma o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) será substituído na comissão parlamentar.

O senador tucano é acusado de ter vazado à imprensa dossiê sobre gastos sigilosos feitos durante o governo de Fernando Henrique Cardoso. De acordo com ela, fornecer documentos à imprensa é uma prerrogativa que qualquer um tem. "O que tem que se discutir, e é função dessa CPI, é com que finalidade o dossiê foi feito e quem mandou fazer. Veio de dentro do Palácio, e da Casa Civil. Até a ministra Dilma (Rousseff, da Casa Civil) reconhece. Isso sim configura crime", conclui.

Na próxima semana, a CPI ouvirá em sessão plenária os ministros investigados por irregularidades como uso de cartões corporativos, Orlando Silva (Esporte) e Altemir Gregolim (Pesca), além da ex-ministra da Igualdade Racial Matilde Ribeiro, que pediu demissão após escândalo envolvendo gastos excessivos com hospedagem e transporte, pagos com o cartão do governo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG