Marinha francesa localiza sinal de caixa-preta do Airbus--jornal

PARIS (Reuters) - Sinais das caixas-pretas do avião da Air France que caiu no oceano Atlântico matando todas as 228 pessoas a bordo foram localizados, publicou o jornal Le Monde em seu site nesta terça-feira. Mas um porta-voz da BEA, órgão francês que investiga o acidente, destacou que muitos sons foram captados fundo do mar, e investigadores não tem certeza de que o que eles detectaram tenha origem nos equipamentos do avião.

Reuters |

"Não é a primeira vez que são ouvidos sons e vamos verificar isso com todo o equipamento que temos à disposição", disse ela. "A busca continua e nós não encontramos os gravadores."

Uma porta-voz da Air France disse também que não podia confirmar a reportagem do Le Monde.

O jornal publicou que navios da marinha francesa captaram um fraco sinal das caixas-pretas do avião e que um minissubmarino foi lançado ao mar para tentar encontrar esses equipamentos no fundo do mar.

As caixas pretas podem conter informações fundamentais para explicar o que aconteceu com o Airbus A330 que caiu no mar quando ia do Rio de Janeiro a Paris, em 1o de junho.

Um equipamento na caixa-preta, conhecido como "pinger", emite sinais eletrônicos a cada segundo por pelo menos 30 dias. O sinal pode ser captado a até 2 quilômetros de distância.

Embarcações francesas envolvidas nas operações de busca incluem um submarino nuclear com um avançado equipamento de sonar e um navio de pesquisa equipado com minissubmarinos.

A remota localização no Atlântico assim como a profundidade e características do leito do oceano têm dificultado as buscas, e os destroços podem estar a profundidades que variam de 1.000 a 4.000 metros.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG