Marinha fecha porto de Manaus por razões de segurança

O maior porto de Manaus, onde atracam navios de grande porte, está fechado pela Marinha por questões de segurança a partir de hoje. De acordo com o Comando do 9º Distrito Naval, o Porto Privatizado de Manaus não tem condições de operar sob o risco de acidentes graves por falta de manutenção.

Agência Estado |

"Desde 2007 o cronograma de obras de manutenção do porto não está sendo cumprido, não podemos mais arriscar a vida dos passageiros às vésperas do fim de ano e preparação da cidade para a Copa de 2014", afirmou o capitão dos Portos, Dennis Teixeira de Jesus.

Em nota, a Marinha informa que a operação do porto nas atuais condições "é temerária por oferecer grave risco à segurança da navegação e à salvaguarda das pessoas que dela se utilizam". Há duas semanas, alegando falta de segurança no porto, a Marinha guiou o navio norte-americano Silver Cloud para atracar no Porto Chibatão. Em liminar expedida pelo juiz Mário Torres, da 4ª Vara da Fazenda Pública Estadual, o navio voltou para o Porto Privatizado.

De acordo com o capitão, entre outras avarias pela falta de manutenção, as correntes (amarras) para os navios estão enferrujadas e correm o risco de arrebentar e soltar a estrutura do cais do porto flutuante.

Segundo o diretor do Porto Privatizado de Manaus, Alessandro Bronze, nas próximas semanas a empresa levará uma denúncia ao Ministério Público Federal acusando a Marinha de "perseguição comercial". "Um ex-capitão da Marinha, o comandante José Luis, hoje é sócio do Porto Chibatão, concorrente do Porto Privatizado, e a intenção é transferir todos os transatlânticos para lá com essas acusações falsas de falta de manutenção", defendeu.

Bronze afirma ter laudos de engenheiros navais atestando a segurança da estrutura do porto, dos flutuadores, do sistema de ancoragem e outros componentes do local. "O que é estranho é que isso ocorre próximo ao período onde dobram os transatlânticos atracando no porto", disse o administrador do Porto Privatizado.

A reportagem procurou a administração do Porto Chibatão, mas não obteve resposta. O capitão Dennis de Jesus afirmou que as denúncias da Marinha e a iniciativa de fechar o porto são "única e exclusivamente por interesse à segurança pública e sem nenhum interesse comercial".

O Porto Privatizado de Manaus é o mais antigo da capital, fica no centro da cidade e foi construído por ingleses, em 1902. É o único, entre os seis portos da capital, que tem um cais com estrutura para desembarque, com banheiros e restaurantes. O Porto de Manaus é uma concessão dos governos federal e estadual de 22 anos, desde 2001, à Empresa de Revitalização do Porto de Manaus.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG