O programa Nascer no Paraná: Direito à Vida foi lançado em Maringá, no interior paranaense, de acordo com informações da Secretaria de Saúde do Estado. Apresentado sexta-feira, ele nasce com o objetivo de prevenir mortes de gestantes e recém-nascidos nos municípios paranaenses por meio de medidas simples, como o acompanhamento da gestação e dos bebês até que completem um ano de idade.

Nos meses de junho e julho o programa foi apresentado em nove macrorregiões e obteve apoio dos representantes dos municípios. Segundo a secretaria, a prefeita de Querência do Norte, Rosinei Raggiotto, afirmou o projeto é "excelente". O secretário da Saúde do município de Astorga também aprova o projeto e disse que em Astorga não foi registrada nenhuma morte materna e infantil em 2008.

AE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.