Marina Silva se diz contra descriminalização da maconha e quer plebiscito sobre aborto

SÃO PAULO - A senadora Marina Silva afirmou nesta segunda-feira, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, que é contrária a descriminalização da maconha, mas ressaltou que isso não a impede de ir ao Rio de Janeiro fazer campanha com Gabeira, um dos defensores da causa.

Redação |

"Eu sou contrária, eu tenho uma posição contrária à descriminalização. Eu conversei isso com o Gabeira. Mas o fato de eu ter uma posição contrária não me impede de ir fazer a campanha do Gabeira no Rio. Eu acho que democracia é isso, você ser capaz de mediar o seu ponto de vista com o ponto de vista do outro. A gente acha que para que se possa ter um pensamento político todos têm que pensar igual, como se fosse um saco de estopa. E não é assim".

Agência Estado
A senadora Marina Silva é entrevistada durante gravação do programa
A senadora Marina Silva é entrevistada durante gravação do programa "Roda Viva", da TV Cultura, no estúdio da emissora em São Paulo, nesta segunda-feira.

A senadora, que recentemente deixou o PT e se filiou ao PV, defendeu o debate e um plebiscito sobre o aborto. "Eu não posso simplificar de forma que eu sou contra ou a favor. O debate deve acontecer nos devidos espaços e com o devido cuidado. Advogo que se possa ter essa discussão. Eu acho que deveria haver um plebiscito para tratar esse tema. Não se pode impor nenhuma posição"

Marina Silva também opinou sobre as pesquisas referentes às eleições 2010, que deve concorrer a presidência da República pelo PV. "É o registro de um momento do eleitor, pensando nesse processo de forma muito antecipada. Infelizmente, no Brasil nós temos essa mania de antecipar as eleições e ainda tem muita água para correr debaixo dessa ponte. Não aparecer com traço é altamente significativo".

A senadora criticou, ainda, o acordo militar do Brasil com a França. "Eu acho que faltou transparência. Nós não temos que ter uma posição pensando na política da guerra, temos que ter a política da paz. O Brasil precisa estar corretamente equipado. O conceito de segurança está mudado", disse.

Leia mais sobre: Marina Silva - Roda Viva

    Leia tudo sobre: marina silva

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG