Marina quer auditoria em contas de sua campanha

Por determinação da senadora Marina Silva (PV-AC), a arrecadação e a destinação de fundos de sua campanha eleitoral deverá ser fiscalizada por uma empresa independente de auditoria. Segundo um dos principais integrantes da equipe responsável pela área, a proposta é dar total transparência à movimentação de recursos.

Agência Estado |

De acordo com a mesma pessoa, que foi indicada para a equipe pela própria senadora e que trabalha voluntariamente, um número crescente de empresários vem manifestando interesse em contribuir financeiramente com a futura campanha do PV.

A transparência não é a única questão pela qual Marina bate pé no partido. Ela também quer que o cargo de vice na chapa a ser oficializada seja destinado ao empresário Guilherme Leal, um dos controladores da Natura e antigo conhecido dela. Os dois tocam de maneira afinadíssima os temas mais caros à futura candidata, como crescimento sustentável e biodiversidade.

Oficialmente, parece não haver nenhuma resistência à proposta de Marina. Mas nos bastidores são frequentes os comentários de que o presidente do PV, José Luiz de França Penna, tem outro candidato. Seria o empresário Roberto Klabin, do grupo Klabin Papel e Celulose. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG