A ministra demissionária do Meio Ambiente, Marina Silva, apontou como causa de seu pedido de demissão as dificuldades que vem enfrentando há algum tempo para dar prosseguimento à agenda ambiental federal. A justificativa da ministra consta da carta com o pedido de demissão que foi divulgada há pouco pelo Palácio do Planalto.

Na carta de duas páginas e meia, Marina Silva pede demissão "em caráter pessoal e irrevogável". Ela fez ainda um relato sobre algumas ações no ministério, mas evitou fazer críticas ao governo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.