Marina e Suplicy assinam carta pedindo saída de Sarney

BRASÍLIA - A senadora Marina Silva (PT-AC) e o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) assinaram nesta terça-feira um manifesto pela licença de José Sarney (PMDB-AP) da presidência do Senado. Ao todo, cinco senadores do PT já assinaram o documento.

Agência Estado |

Além de Marina e Suplicy, já haviam assinado a carta os senadores petistas Tião Viana (AC), Flávio Arns (PR) e Augusto Botelho (RR). O

  manifesto é assinado ainda pelos líderes do PSDB, PDT, DEM, PSOL e pelos senadores Pedro Simon (PMDB-RS), Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) e Renato Casagrande (PSB-ES).

A carta diz que, "para recuperar a dignidade do Senado, é preciso a apuração com credibilidade de todas as denúncias contra a administração da Casa" e, por isso, os senadores defendem a licença de Sarney do cargo.

Leia também:

Leia mais sobre: crise no Senado

    Leia tudo sobre: sarneysenadosenadores

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG