O primeiro dia de interdição de três pontes gerou um aumento de 31% no fluxo de veículos na Marginal do Tietê, no período das 7 às 11 horas desta terça-feira, confirmou o secretário municipal de Transportes de São Paulo, Alexandre Moraes. A via chegou a acumular mais de 11 km de lentidão durante a manhã e mais de 18 km no horário de almoço.

Segundo o secretário, a alta na lentidão da via, porém, não refletiu no trânsito do restante da cidade, que seguiu dentro da média para o horário.

As primeiras interdições, de um total de cinco pontes, começaram às 23 horas de ontem nas Pontes da Freguesia do Ó, da Casa Verde e Jânio Quadros (Vila Maria). Elas terão entre uma e três faixas fechadas para o tráfego. Em novembro serão interditadas também as Pontes do Limão e das Bandeiras. Em alguns momentos esses acessos terão um dos sentidos totalmente bloqueados.

Pelas três pontes circulam diariamente 631 mil usuários de ônibus em 83 linhas. A interdição termina em fevereiro e as pistas serão entregues em março.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.