Marco Aurélio nega habeas corpus a Arruda, STF analisará pedido

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, negou nesta sexta-feira liminar pedindo habeas corpus para o governador licenciado do Distrito Federal, José Roberto Arruda. Segundo a assessoria de imprensa do Supremo, o pedido precisa agora ser analisado pelo colegiado do tribunal, em sessão a ser definida. Arruda teve sua prisão decretada na quinta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), acusado de tentar subornar uma testemunha num escândalo de suposto pagamento de propinas. Ele está na Superintendência da Políicia Federal.

Reuters |

(Por Maria Carolina Marcello)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG