demagógica , diz secretário de SP - Brasil - iG" /

Marcha contra presídio é demagógica , diz secretário de SP

O secretário da Casa Civil do governo de São Paulo, Aloysio Nunes Ferreira Filho, considerou demagógica a marcha do prefeito de Porto Feliz, Claudio Maffei (PT), a São Paulo, para protestar contra a instalação de uma penitenciária da cidade. A caminhada de 125 quilômetros foi iniciada ontem.

Agência Estado |

Segundo o secretário, o prefeito usa falsos argumentos para constranger o governo, pois a unidade a ser construída em Porto Feliz é um Centro de Progressão Penitenciária (CPP) considerado modelo no Estado.

"Os CPPs são destinados a presos do regime semiaberto, ou seja, aqueles que já cumpriram grande parte de suas penas e foram beneficiados com esse regime após apreciação da Justiça, com consentimento do Ministério Público. Este é um direito concedido aos detentos que tiveram bom comportamento durante o regime anterior, fechado", explicou. A região onde está inserida a cidade de Porto Feliz não tem um presídio nesses moldes. "Trata-se de uma unidade completamente diferente de um presídio tradicional."

O plano de expansão do sistema penitenciário prevê a implantação de 49 novas unidades em São Paulo, que vão criar mais de 39 mil vagas, com investimento de R$ 1,5 bilhão. Serão gerados 13.190 novos empregos públicos, entre carcereiros, agentes de segurança penitenciária e médicos.

Com a construção de novas unidades, segundo o secretário, será possível manter os presos mais perto de seus familiares e de suas regiões e ainda desativar Cadeias Públicas do Estado. A região de Sorocaba, onde está Porto Feliz, possui hoje 30 cadeias que abrigam presos sob responsabilidade da Polícia Civil.

"O governo não abre mão de assegurar o cumprimento de sua política de Segurança Pública, que pressupõe a atuação firme das polícias no combate à criminalidade. Vale dizer que a administração estadual nunca se furtou a discutir o assunto - prova disso são as reuniões que o próprio prefeito relaciona - mas não cederá a pressões demagógicas que colocam em risco a segurança da população", afirmou Ferreira Filho.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG