Mantega usa resultado fiscal para responder a Serra

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, respondeu duramente ao governador de São Paulo, José Serra (PSDB), que vem criticando o elevado nível de gastos da esfera federal. Mantega afirmou que as contas do governo central fecharam o período de janeiro a agosto no azul, coisa que não acontecia quando Serra era ministro do Planejamento, no governo Fernando Henrique Cardoso (de janeiro de 1995 a maio de 1996).

Agência Estado |

Ele disse ainda que as reservas internacionais brasileiras estão neste momento "intactas", ao passo que na crise de 1998, "evaporaram".

"O governador Serra se manifestou, dizendo que nós corremos o risco de aumentarmos os gastos, estamos fazendo gastos fiscais em demasia e temos um desequilíbrio em conta corrente. Queria dizer ao governador, que aliás é meu amigo, para ele ver o resultado fiscal que foi apresentado ontem", disse o ministro. Os números do Banco Central (BC) mostram que, de janeiro a agosto, o governo central registrou superávit nominal de R$ 6,338 bilhões.

Isso significa que a arrecadação foi suficiente para pagar as despesas, os juros da dívida e ainda sobrou. "É a primeira vez que mantemos ao longo do ano, de janeiro até agosto, no acumulado, superávit nominal no governo central, coisa que o governador, quando era ministro do Planejamento, infelizmente não conseguia fazer", disse. No mesmo período, os Estados fecharam as contas no vermelho, com um déficit nominal de R$ 20,717 bilhões.

Mantega aproveitou para alfinetar o governo anterior, de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), na administração das crises. Segundo Mantega, setembro tem sido o mês mais agudo da crise até agora, mas ainda assim as reservas internacionais não caíram nem um tostão. "Enquanto que se nós lembrarmos a crise de 98, a crise da Rússia, que era muito menor do que esta, era uma crise de terceira ou quarta categoria perto desta que estamos passando, as nossas reservas evaporaram em poucas semanas", comparou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG