Mantega nega intenção de taxar investimento estrangeiro com IOF

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta sexta-feira que o governo não cogita voltar a taxar os investimentos estrangeiros com Imposto sobre Operações Estrangeiras (IOF). O Ministério da Fazenda não cogita mexer no IOF neste momento, principalmente para títulos públicos, afirmou Mantega por meio de sua assessoria.

Reuters |

"Queremos que haja compra de títulos públicos, principalmente por estrangeiros. Não há interesse em reduzir esse fluxo."

Jornais locais noticiaram nesta sexta-feira que o governo estaria discutindo a retomada da cobrança do IOF para investimentos estrangeiros em renda fixa, em um esforço para conter o fluxo de entrada de dólares no país que tem apreciado o real.

"O fluxo de renda fixo é baixo, por isso não se justifica neste momento a implantação do IOF, que poderia dar um sinal negativo para esse fluxo. A informação é equivocada", afirmou Mantega.

(Reportagem de Isabel Versiani; Edição de Vanessa Stelzer)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG