Mantega dilata em 10 dias recolhimento de impostos federais

BRASÍLIA - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou nesta quinta-feira uma dilatação de 10 dias para as empresas pagarem impostos Federais. De acordo com ele, a medida significa um alívio para as companhias, que vão contar mais capital de giro para enfrentar o momento de turbulência econômica.

Severino Motta - Último Segundo/Santafé Idéias |

O Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), a Contribuição para o financiamento da seguridade social (Cofins) e o PIS terão data de vencimento alterada de 15 para 25. O Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) e a Contribuição para a previdência passam do dia 10 para o dia 20.

De acordo com Mantega a medida não poderia trazer prazos ainda mais dilatados pois o impacto nas contas públicas seria muito alto. "E o Brasil precisa cumprir seu superávit primário", disse.

Leia mais sobre: Guido Mantega - impostos federais

    Leia tudo sobre: guido mantegaimpostos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG