Manobrista atropela colegas de trabalho e mata um em São Paulo

SÃO PAULO - Um manobrista de 20 anos perdeu controle de um Jeep Cherokee que dirigia, na noite de sexta-feira, e atropelou outros três manobristas que trabalhavam em um sistema de vallet, no Itaim Bibi, zona oeste de São Paulo. Uma das vítimas, um homem de 39 anos, morreu no local.

Redação |

Futura Press
Carro só parou após bater em vaso
Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, o caso aconteceu na altura do número 1.420 da rua Tabapuã. Outros dois manobristas, com 26 e 32 anos, ficaram feridos e foram socorridos aos hospitais São Paulo e Clínicas.

Conforme a polícia, o dono do Jeep, um empresário de 26 anos, contou que entregou o carro a um manobrista do serviço vallet e, assim que o funcionário pegou o veículo, perdeu a direção do carro e bateu em um Peugeot prata. Em seguida, atravessou a rua em diagonal, subiu a calçada e atingiu os três funcionários.

O carro só parou depois que atingiu um vaso que estava na calçada.

O manobrista alegou que perdeu o controle do carro porque seu pé escapou do freio e ficou preso no pedal do acelerador no momento em que ele iniciava a marcha do Jeep.

O jovem foi preso em flagrante e indiciado por homicídio culposo na direção de veículo automotor e lesão corporal culposa. Ele pagou fiança e foi liberado.

Leia mais sobre: acidente

    Leia tudo sobre: acidentemanobristatransito

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG