Manifestantes realizam aula pública em secretaria de SP

Cerca de cem integrantes da União dos Núcleos de Educação Popular para Negros e Classe Trabalhadora (Uneafro) realizaram um protesto nesta manhã dentro do prédio da Secretaria de Justiça do Estado de São Paulo, no centro da capital paulista. O grupo chegou ao local por volta das 10 horas, no Pátio do Colégio, e tomou o saguão principal do edifício, onde foi realizada uma aula pública, segundo a entidade.

Agência Estado |

A segurança do prédio tentou retirar o grupo. Houve um pequeno tumulto. O incidente acontece na véspera do Dia da Consciência Negra.

Segundo a Uneafro, uma sala de aula foi improvisada no local, atraindo a atenção de outras pessoas que passavam ali. Entre as pautas da aula pública estavam a conscientização sobre a violência da polícia no Estado. A entidade também queria entregar à secretaria um documento com as propostas e reivindicações do movimento negro, como a defesa intransigente da educação pública, popular, gratuita e de qualidade, junto à defesa das Ações Afirmativas e Cotas para a população negra em universidades. Um representante da secretaria protocolou a entrega do documento.

Os manifestantes devem sair em passeata ainda nesta tarde em direção ao Ministério Público (MP), na Rua Riachuelo, e na Defensoria Pública, onde também pretendem protocolar o documento, de acordo com a entidade.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG