Manifestantes prometem fechar estradas de RR

Os manifestantes ligados aos rizicultores de Roraima anunciaram hoje que vão acirrar a resistência contra as tropas da Polícia Federal (PF) que estão no Estado para retirar os não-índios da reserva Raposa Serra do Sol. Eles prometem fechar as principais rodovias do Estado, principalmente a BR -174, que liga Roraima ao Amazonas, e a BR-401 que dá acesso a reserva indígena pelo município de Normandia.

Agência Estado |

Eles afirmam que bombas terrestres estão sendo colocadas nas estradas e vicinais e que vão resistir até o final.

"A Polícia Federal trouxe um tanque blindado (caveirão) e estão com seis helicópteros. Como não conseguiram montar a base no Surumu, agora estão mudando de local, mas o movimento de resistência não vai permitir a entrada deles na reserva. Haverá sangue em Roraima se o governo Lula não intervir", disse o deputado federal Márcio Junqueira (DEM), que está acompanhando como observador o movimento. A informação não foi confirmada nem negada pela PF, que não se pronunciou sobre o assunto.

O Exército informou que mesmo que o governo de Roraima declarasse a segurança pública estadual incapaz de atuar no conflito, "a tropa do Exército só poderia ser empregada sob ordem do presidente da República". Na Vila Surumu, centro da reserva, três pontes foram queimadas e a ponte principal está bloqueada com caminhões e máquinas de colher arroz.

Cerca de 200 índios ligados ao Conselho Indígena de Roraima, favoráveis à retirada dos não-índios da reserva, montaram barricadas no local. "Temos que pedir autorização para circular pela vila onde moramos e à noite é feito toque de recolher", disse Claudia Vieira, moradora do Surumu.

Hoje, um grupo de mais de 100 pessoas vindas de uma das favelas da cidade entrou em um restaurante em Boa Vista e gastou cerca de R$ 2 mil reais. No final, entregaram a conta e disseram para a proprietária cobrar do governo Lula. O caso foi parar na polícia. Uma equipe de reportagem que estava na reserva teve seu material apreendido e registrou queixa na PF.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG