Manifestantes prestam apoio a Battisti no Senado

BRASÍLIA - Um grupo de manifestantes do Comitê de apoio ao italiano Cesare Battisti participa nesta quinta-feira da reunião da Comissão de Relações Exteriores, onde o ministro da Justiça, Tarso Genro, fala aos senadores sobre sua decisão de conceder asilo político ao italiano, mesmo depois do Conselho Nacional para Refugiados (Conare) rejeitar o benefício ao mesmo.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

O grupo apoia a decisão do ministro e traz faixas com as frases Liberdade a Cesare e Liberdade ainda que tardia. Também estão presentes pessoas do movimento Radical Livre, que vieram do Ceará para pressionar os ministros do Supremo Tribunal Federal, que deverão julgar ainda este mês a validade da decisão de Genro.

O ministro da Justiça foi convidado a falar aos senadores por sugestão do senador Heráclito Fortes (DEM-PI). O piauiense pede explicações sobre a decisão de Genro e compara com sua atitude em relação aos boxadores cubanos que pretendiam ficar no Brasil após os jogos Panamericanos de 2007 e foram extraditados.

Para defender o Tarso das críticas dos senadores de oposição, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) exibiu uma reportagem veiculada pela "TV Globo", na qual um dos boxeadores cubanos revela que voltou a Cuba porque quis, e não por imposição do governo brasileiro.

Leia também:

Leia mais sobre: Battisti

    Leia tudo sobre: cesare battisti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG