Manifestantes invadem Câmara e exigem saída de Arruda

BRASÍLIA - Cerca de 100 manifestantes invadiram o prédio da Câmara Legislativa do Distrito Federal para exigir a renúncia do governador José Roberto Arruda e do vice, Paulo Octávio. Os manifestantes estão reunidos no plenário da Casa e afirmam que só se retiram do local quando suas reivindicações forem atendidas. Arruda e Octávio, ambos do DEM (Democratas), são acusados de comandar um esquema de corrupção em que estariam envolvidos também deputados distritais, secretários do governo e empresários.

iG São Paulo |

Os manifestantes quebraram a porta principal (de vidro) e a porta do plenário (de madeira). Sindicalistas de diversas categorias, estudantes e militantes do PSOL entraram carregando um caixão que, segundo eles, simboliza o enterro do governador Arruda. Dentro do caixão, há um homem com uma faixa em que está escrita a palavra "governador". Eles usam megafones e gritam "Arruda na Papuda" - uma referência ao Presídio da Papuda.


Manifestante levam caixão à Câmara / foto: AE

O grupo grita "Pê Ó no xilindró", em referência a Paulo Octávio, e afirma que ficará acampado no plenário da Câmara como fizeram na Universidade de Brasília (UnB) os estudantes que foram o então reitor, Timothy Mullholand, acusado de corrupção, a renunciar ao cargo.

Além do caixão, os manifestantes depositaram no plenário uma caixa de madeira que dizem ser uma "caixa de Pandora" (nome da Operação da Polícia Federal que investiga o esquema de corrupção). Na caixa, está escrito "DEM" e uma tradução: "Dinheiro escondido na meia".

O grupo pichou as mesas e uma divisória de vidro que separa o plenário da galeria. Uma pessoa - seria um servidor do Legislativo - saiu em uma maca do local. Segundo informações, o homem teria se machucado durante a invasão ao plenário, onde os manifestantes colocaram um caixão.

Os funcionários do legislativo do DF estão nos corredores do prédio, acompanhando a manifestação, que começou por volta das 14h30. Outro grupo de manifestantes protesto na parte externa da Câmara Distrital. A Polícia Militar acompanha a manifestação.

Escândalo no Distrito Federal

Entenda

Inquérito da PF

Vídeos

Leia também:

Crise de 2001

    Leia tudo sobre: arruda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG