Tamanho do texto

De acordo com a polícia, dois ônibus foram queimados e outros dois foram destruídos parcialmente

selo

Manifestantes queimam dois ônibus em Àguas Lindas, no entorno do Distrito Federal
Futura Press
Manifestantes queimam dois ônibus em Àguas Lindas, no entorno do Distrito Federal
Pelo menos vinte e seis ônibus foram danificados na manhã desta terça-feira durante manifestação de moradores da região de Àguas Lindas, no entorno do Distrito Federal, para reivindicar mais segurança na rodovia, como iluminação e lombadas. 

Os manifestantes bloquearam totalmente a Rodovia BR-070 por volta das 5h50, ateando fogo em pneu a cerca de 1 quilômetro de Brasília, após vários registros de atropelamentos no local. Segundo o coronel José Luiz Biano, da Polícia Militar de Goiás, na tarde de ontem, uma senhora foi atropelada e morreu. 

Além da barricada, os manifestantes pararam os ônibus que estavam na via e foram parcialmente ou totalmente destruídos. De acordo com o coronel, entre os 26 coletivos danificados, seis são da empresa Taguatur e 16 da empresa Santo Antônio. Dois da empresa Santo Antonio foram totalmente queimados e outros dois ônibus foram destruídos parcialmente. 

O protesto começou com cerca de 50 pessoas e aumentou para cerca de 200, com a adesão dos passageiros dos ônibus, que também se revoltaram com a interdição, que foi controlada pela Polícia Militar por volta das 8h30. 

Balas de borracha foram usadas para controlar os manifestantes, segundo o coronel, para proteger a integridade física das pessoas. Segundo ele, alguns moradores estavam empurrando os coletivos por uma ladeira e os policiais usaram as balas de borracha para conter os manifestantes e tiros foram disparados nos pneus dos ônibus que estavam sendo arrastados. 

Ninguém ficou ferido e duas pessoas foram detidas e levadas para o Centro Integrado de Atendimento e Despacho (Ciops). Após os bombeiros controlarem o fogo, a rodovia, que chegou a ter cerca de seis quilômetros de congestionamento em cada sentido, foi liberada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.