Manifestantes da USP querem impedir votação outra vez

Munidos de rojões e buzinas, estudantes e funcionários da Universidade de São Paulo (USP) pretendem impedir mais uma vez a realização do segundo turno das eleições para a escolha do novo reitor da instituição. O Sindicato dos Trabalhadores da Universidade de São Paulo (Sintusp), alugou dez ônibus, com 50 assentos cada, para transportar alunos e funcionários ao novo local de votação, a Biblioteca do Memorial da América Latina, na zona oeste da capital paulista, amanhã, a partir das 13h30.

Agência Estado |

O pleito, inicialmente marcado para o início da tarde de hoje, foi adiado em virtude de uma manifestação que bloqueou a entrada e impediu a passagem de eleitores na Reitoria.

Responsável pela organização do ato, o diretor de base do Sintusp, Magno Carvalho, disse que o protesto contará também com o apoio de entidades sociais como o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e a rede de cursinhos comunitários Educafro, que devem angariar mais dois ônibus para transportar os manifestantes. "Não arrisco dizer quantas pessoas irão ao ato, mas acredito que devem comparecer mais manifestantes do que aqueles que militaram hoje", afirmou o sindicalista. A entidade estima que em torno de 450 pessoas participaram da manifestação de hoje. Magno informou ainda que a entidade mobilizou um caminhão de som para "fazer barulho" no local de votação.

O diretor da entidade explicou que os protestos ocorrem em razão da elaboração de "regras antidemocráticas" para a escolha do novo reitor. "Não dá para aguentar isso. São poucos representantes da universidade votando em um pleito cujo verdadeiro eleitor é o governador José Serra", reclamou Magno. A escolha do reitor da USP passa pela votação de apenas 320 eleitores, que escolhem três nomes entre oito candidatos disponíveis. A lista tríplice é enviada posteriomente ao governador do Estado, que escolhe o novo reitor. A USP tem ao todo cerca de 5 mil professores, 70 mil alunos e 15 mil funcionários.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG