Confira a cronologia da Polícia Civil de São Paulo http://ultimosegundo.ig.com.br///multimidia//galeria_de_fotos/2008/10/27/greve_da_policia_civil_178314.html target=_topVeja a galeria de fotos da manifestação da Polícia Civil nesta segunda" / Confira a cronologia da Polícia Civil de São Paulo http://ultimosegundo.ig.com.br///multimidia//galeria_de_fotos/2008/10/27/greve_da_policia_civil_178314.html target=_topVeja a galeria de fotos da manifestação da Polícia Civil nesta segunda" /

Manifestação reúne 8 mil policiais civis na praça da Sé, diz sindicato

SÃO PAULO - Cerca de 8 mil policiais civis realizam uma manifestação na tarde desta segunda-feira na Praça da Sé, no Centro de São Paulo. A categoria completou mais de um mês de greve e ainda não deu nenhum sinal de que retomará sua atividades. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/10/17/cronologia_da_paralisacao_da_policia_civil_de_sao_paulo_2053555.html target=_topConfira a cronologia da Polícia Civil de São Paulo http://ultimosegundo.ig.com.br///multimidia//galeria_de_fotos/2008/10/27/greve_da_policia_civil_178314.html target=_topVeja a galeria de fotos da manifestação da Polícia Civil nesta segunda

Redação com Agência Estado |

Os organizadores do movimento avaliaram que 8 mil policiais ficaram concentrados no quadrilátero da Sé. Já a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que o número era de 3 mil.

AE
Policiais civis concentrados na Praça da Sé nesta segunda-feira

O presidente do Sindicato dos Investigadores do Estado de São Paulo (Sipesp), João Rebouças, caracterizou a manifestação desta segunda como um "movimento ordeiro". "Não esperávamos tantos policiais e tantas pessoas lutando pela dignidade salarial", disse Rebouças. "Contamos com a participação de 8 mil policiais que lutaram por uma dignidade salarial com ordem".

A manifestação ocorreu até as 18h na Praça da Sé. De acordo com Rebouças, quando o movimento estava perto do fim, os grevistas seguiram para a Praça Ramos (em frente ao Teatro Municipal) e encerraram a passeata na Delegacia Geral.

A Associação de Delegados de São Paulo (Adpesp) informou que policiais de todo o Estado participaram da manifestação. Segundo a organização, políticos passaram pelo local para demonstrar apoio ao movimento.

Negociações

A greve da Polícia Civil se acirrou há duas semanas, quando manifestantes entraram em confronto com policiais militares próximo ao Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. Na semana passada, o governo do Estado de São Paulo fez uma contraproposta salarial que não foi aceita pelos grevistas.

A greve continua por tempo indeterminado. O caso só será dado como concluído após o governo aprovar nossas emendas. Assim, entraremos em estado de greve para depois terminarmos a paralisação, afirmou o presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo, José Martins Leal, em entrevista ao Último Segundo na semana passada. O presidente disse ainda que os projetos apresentados não são considerados como proposta, mas sim uma imposição do governo.

Futura Press
Em greve, policiais civis acompanham plenário na Assembléia na quarta

Leia também:

    Leia tudo sobre: grevepolícia civil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG