Maníaco é condenado a prisão por estupro em BH

Marcos Trigueiro foi sentenciado a 28 anos de prisão em regime fechado pela morte, estupro e furto de empresária

AE |

selo

Marcos Antunes Trigueiro, de 32 anos, foi condenado hoje a 28 anos de prisão em regime fechado pela morte, estupro e furto de uma empresária em Minas Gerais. O crime aconteceu em setembro de 2009. O julgamento de Trigueiro teve início às 9 horas, no 2º Tribunal do Júri do Fórum Lafayette, em Belo Horizonte.

De acordo com a denúncia, o agressor simulou um assalto e obrigou a mulher a dirigir o carro em que estava até o bairro Califórnia, região noroeste da capital mineira. Após estuprar a vítima, ele a estrangulou com o cinto de segurança. Em seguida, assumiu a direção do veículo e conduziu o carro até a BR-040, sentido Rio de Janeiro, onde o carro foi abandonado.

AE
Marcos Antunes Trigueiro, conhecido como o maníaco de Contagem, é condenado por estupro e homicídio
Atualmente, o criminoso está preso na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte. Ele já está cumprindo pena pela morte de uma outra mulher. Ele foi condenado em junho deste ano a 34 anos de prisão por homicídio qualificado, estupro, furto e por expor a vida de uma criança a perigo iminente. O crime foi cometido em abril do ano passado. A vítima estava em seu carro com o filho de um ano e meio quando foi abordada pelo assassino.

O acusado deve responder também pelo assassinato e estupro de mais duas mulheres. Pelo crime cometido contra uma contadora, Trigueiro deverá responder na comarca de Nova Lima. Os crimes cometidos contra uma mulher de 27 anos será julgado na comarca de Ibirité. Todas as mortes ocorreram no ano passado.

    Leia tudo sobre: estuprocondenaçãomaníaco de contagem

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG