Mania de limpeza pode indicar doença, alerta especialista

Atitudes como lavar as mãos a todo momento, fazer limpeza em locais ou objetos que já estão limpo, repetir o trabalho que a faxineira acabou de fazer, por acreditar que ela não o executou satisfatoriamente, são alguns dos sinais comuns ao Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), uma doença mental crônica que se manifesta pela presença de obsessões e compulsões. De acordo com a psiquiatra Ana Hounie, vice-coordenadora do grupo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, o Protoc (que pesquisa e oferece tratamento para quem sofre do transtorno), a manifestação do TOC provoca angústia, consome tempo, interfere de maneira significativa no trabalho e na vida social.

Agência Estado |

“Essas obsessões provêm da própria mente. Não são apenas excesso de preocupação sobre problemas reais, e as compulsões que realizam são excessivas e pouco razoáveis”, comenta a psiquiatra.

A maioria das pessoas acometidas por esse transtorno reconhece isso em um determinado momento. A lista de manias relacionadas à contaminação e limpeza é imensa. Não é raro pacientes relatarem que pediram para as pessoas tirarem os sapatos antes de entrar em casa. Embora seja uma doença crônica, o psiquiatra ou psicólogo pode ajudar a melhorar bastante a qualidade de vida desse paciente, seja por meio do controle do transtorno ou até mesmo da sua cura.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG