de gripe A H1N1). De acordo com o decreto, publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial da cidade, estão suspensas as aulas em todas as instituições de ensino no município e eventos na cidade, pelo prazo de dez dias, contados a partir de hoje." / gripe suína - Brasil - iG" / de gripe A H1N1). De acordo com o decreto, publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial da cidade, estão suspensas as aulas em todas as instituições de ensino no município e eventos na cidade, pelo prazo de dez dias, contados a partir de hoje." /

Mais uma cidade do RS decreta emergência por causa da gripe suína

ITAQUI - O prefeito de Itaqui (RS), Gil Marques Filho, decretou situação de emergência no município por causa da ¿gripe suína¿ (rebatizada http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/04/30/oms+decide+mudar+nome+da+gripe+suina+5867916.html target=_topde gripe A H1N1). De acordo com o decreto, publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial da cidade, estão suspensas as aulas em todas as instituições de ensino no município e eventos na cidade, pelo prazo de dez dias, contados a partir de hoje.

Redação |

Reuters
Brasil registra 627 casos da gripe
Na semana passada, outro município gaúcho, São Gabriel, decretou situação de emergência, suspendendo as aulas em todas as escolas e proibindo eventos que reúnam muitas pessoas.

Em entrevista ao  Último Segundo , o prefeito de Itaqui, Marques Filho, disse que a medida tem caráter preventivo. Até o momento, o governo já registrou 627 pessoas com o vírus no País.

Estamos localizados a 620 km de Porto Alegre e só temos um hospital na cidade. Em caso de uma pandemia seria difícil de controlar, explica o prefeito. Até o momento, porém, a cidade - que tem cerca de 36 mil habitantes - não teve nenhum caso confirmado da doença, somente três suspeitos, sendo dois adolescentes.

O prefeito, que também é médico, justificou a decisão considerando que a aglomeração de pessoas é uma das principais causas de proliferação do vírus e que no inverno a incidência de doenças respiratórias aumenta.

Além disso, ressaltou a necessidade de prevenção pelo fato da cidade fazer fronteira com a Argentina, país que já registrou 26 mortes pelo vírus. Muitos caminhões que vem do Chile e da Argentina passam por aqui. Isso nos preocupa. Por isso, achamos prudente nos antecipar, disse.

Segundo Marques Filho, cerca de 200 pessoas passam diariamente pelo porto de Itaqui e isso necessitaria de uma atenção especial da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). A Secretaria de Saúde de Itaqui colocou funcionários para fazer vigilância diária destes motoristas porque há uma deficiência de estrutura da ANVISA, diz.

Casos no Rio Grande do Sul

Segundo informações da Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul, chega a 76 o total de casos no Estado. De acordo com a secretaria, as cidades gaúchas de São Gabriel (31) e Porto Alegre (23) são as que registram o maior número de pessoas infectadas, 31 e 23, respectivamente. Os demais casos foram confirmados em Bagé (um), Balneário Pinhal (um), Erechim (seis), Caçapava do Sul (um), Ijuí (dois), Lajeado (um), Novo Hamburgo (um), Passo Fundo (um), Santa Maria (quatro), Santo Ângelo (dois), Uruguaiana (um) e Viamão (um).

No Rio Grande do Sul, há ainda 97 casos suspeitos. No município de Santa Maria, o caso de uma menina hospitalizada é considerado grave, segundo nota da secretaria. Os demais pacientes estão sendo monitorados em casa.

1ª morte no País

No domingo, o governo confirmou a primeira morte por gripe suína no Brasil. Trata-se de um caminhoneiro de 29 anos, que esteve em Buenos Aires entre os dias 28 de maio e 15 de junho.

Segundo a Secretaria de Saúde, caminhoneiro apresentou os primeiros sintomas ainda na Argentina e só procurou atendimento médico no dia 20 de junho no Hospital Santa Terezinha. Depois, foi transferido para o Hospital São Vicente de Paulo, em Passo Fundo, onde morreu.

De acordo com o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, o governo não mudará as estratégias de combate à doença. "É um momento difícil, claro, estamos comunicando o primeiro óbito, mas reafirmo que isso não muda em nada a nossa estratégia. Quero reiterar que o Ministério da Saúde tem feito tudo que é necessário para conter a doença e evitar que outros óbitos ocorram", disse.

Assista ao vídeo:

Entenda:

Leia também:



Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suínamorterio grande do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG