Os bombeiros retiraram mais três corpos dos escombros do Morro do Bumba, em Niterói, cidade da região metropolitana do Rio de Janeiro, onde cerca de 50 casas construídas sobre um lixão desativado desabaram na noite de ontem. Já são dez o número de mortos no local, mas há cerca de 200 desaparecidos.

Em outro ponto da cidade, na Travessa Iara, no Cubango, quatro corpos foram retirados de escombros - mãe e três filhos estavam desaparecidos desde a madrugada de terça-feira.

A secretária estadual do Ambiente do Rio, Marilene Ramos, disse que a provável causa do deslizamento foi uma explosão do gás metano em decomposição do lixo. O gás teria formado um bolsão que, em contato com o ar, causou a explosão ouvida pelos moradores. "Trata-se de um terreno insalubre e ainda que não houvesse tamanha instabilidade nunca deveria ter sido ocupado", declarou a secretária.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.