Mais sete corpos dos deslizamentos em Angra e Ilha Grande chegam ao IML do Rio

Mais sete corpos chegaram agora à tarde no IML do Rio de Janeiro. Com isso chegam a 18 os corpos no local. Nove já foram identificados.

Valmir Moratelli, iG Rio de Janeiro |

Segundo o tenente-coronel José Paulo, subcomandante do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio, três dos corpos que chegaram ao IML são de mulheres, dois são de homens. Os outros dois são de um menino e de uma menina.

A movimentação no IML do Rio de Janeiro continua grande. Os familiares das vítimas são encaminhados para uma área dentro do prédio. Os jornalistas não podem entrar no local. Uma assistente social e um médico estão atendendo parentes e amigos das vítimas que vão fazer o reconhecimento das vítimas.

Um dos familiares foi Antonio Faraci, irmão de Geraldo Faraci, dono da pousada Sankay, e tio de Yumi Faraci, que foi vítima do deslizamento. Ele identificou o corpo da sobrinha.

Ele confirmou que nenhum hóspede da pousada foi atingido pelo deslizamento.

Segundo ele, no momento do deslizamento estava ocorrendo uma festa em uma casa anexa à pousada com dez pessoas. Três não conseguiram escapar e morreram. Yumi foi uma delas. E um casal de amigos da menina seriam os outros. Ele não soube informar o nome do casal. Outras sete pessoas escaparam a tempo.

    Leia tudo sobre: angra dos reischuvasilha grandeimlreveillontragédia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG