Mais quatro pessoas morrem pelas chuvas em MG; total chega a 11

Entre os mortos no Estado, há seis crianças. Chuvas também causaram danos e cinco mortes no Espírito Santo

iG São Paulo |

O deslizamento de uma encosta fez mais quatro vítimas em Mantena, distante 480 km de Belo Horizonte (MG), na manhã desta quinta-feira. Segundo informações da Defesa Civil do Estado, uma casa onde havia sete pessoas foi atingida pela terra e quatro morreram no local. São elas: Sandra Aparecida de Oliveira, de 34 anos, Patrícia Raimunda de Oliveira Siqueira, de 13 anos, Jussara Aparecida Siqueira, de 8 anos, e Nicole de Oliveira Siqueira, de apenas um ano e meio. 

Com isso, já chega a 11 o número de mortos desde o ínicio desta semana. Se somadas as mortes causadas pela chuva desde novembro, o número sobe para 14.

AE
Ruas da cidade de Governador Valares (MG) ficaram inundadas na quinta-feira

Os casos

a madrugada de quarta-feira, três pessoas de uma mesma família morreram soterradas na cidade de Lajinha, a 345 km da capital.  As vítimas foram Maria Rosângela do Carmo, de 35 anos, Eduarda Vitória Barros, de 5 anos, e Wendel Riam do Carmo Barros, de 2 anos.

Uma encosta também cedeu no bairro de Fátima, em Ponte Nova, e atingiu o quarto onde dormia Antônio Caetano da Silva, de 73 anos, que foi retirado dos escombros sem vida. O desabamento de um muro de arrimo na cidade de Barbacena atingiu uma cobertura, abaixo do nível da rua, e matou Efigênia Rosária Antero, de 80 anos.

A idosa foi retirada da terra consciente, mas com fratura exposta nos membros inferiores e escoriações pelo corpo e não resistiu aos ferimentos. Duas crianças ficaram gravemente feridas no acidente.

Outros deslizamentos de terra também causaram a morte de Fabrício Fernandes Rocha do Amaral, de 4 anos, no bairro de Marilândia em Juiz de Fora, e Marisângela Alves da Silva, 31 anos, no município de Cataguases.

Os últimos dados da Defesa Civil, divulgados nesta quarta-feira, mostram que há 10.413 pessoas desalojadas e 907 desabrigadas. Pelo menos 1.175.660 mineiros foram afetados de alguma forma pelas chuvas.

Espírito Santo

A chuva forte também causou estragos e mortes no Espírito Santo. Segundo a Defesa Civil estadual, em Cachoeiro de Itapemirim uma pessoa morreu após ser arrastada pelas águas em uma rua no centro da cidade. Em Jerônimo Monteiro, um carro foi levado pela correnteza quando passava por uma ponte, deixando um morto. O soterramento de uma casa em Afonso Claudio deixou três mortos. Outros dois moradores conseguiram ser resgatados com vida pelos vizinhos.

Em todo o Estado, aproximadamente 493 pessoas estão desabrigadas e 4.462 pessoas se encontram desalojadas. O órgão afirma que 26 municípios tiveram danos por conta do grande volume de chuvas.

*Com informações da Agência Estado

    Leia tudo sobre: chuva mortesminas geraisespírito santo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG