Mais duas jovens se dizem vítimas de trote violento em São Paulo

Mais duas estudantes afirmaram que sofreram queimaduras de primeiro e de segundo graus durante o trote aos alunos novatos, ocorrido na segunda-feira, na saída de um dos campi das Faculdades Integradas de Santa Fé do Sul (Funec), no interior de São Paulo, segundo informou a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da cidade.

Agência Estado |

Dessa forma, já são quatro as vítimas do trote violento na faculdade. Ontem, duas outras estudantes, uma delas grávida de três meses, também contaram que foram atacadas e sofreram queimaduras.

As estudantes que denunciaram o atentado nesta quinta-feira tiveram as identidades preservadas. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), elas já prestaram depoimento ao delegado Gervásio Favaro, da DDM, foram encaminhadas ao Instituto Médico legal (IML) local e passaram por exame de corpo de delito.

Todas apontaram uma mulher como a responsável pelas queimaduras. De acordo com a SSP, a suspeita de lançar um líquido abrasivo sobre as vítimas durante a recepção aos calouros da faculdade já foi identificada.

Leia mais sobre: trote

    Leia tudo sobre: são paulotrote

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG