Mais dois corpos de vítimas de naufrágio no Amazonas são resgatados

MANACAPURU - Após uma semana do naufrágio da embarcação Comandante Sales no Rio Solimões, no Amazonas, a Defesa Civil de Manacapuru informou que mais dois corpos de vítimas foram localizados na manhã deste domingo. Ao todo, chega a 48 o número de mortos no acidente ocorrido no dia 4 de maio. As equipes trabalham com a hipótese de que seis corpos ainda estão desaparecidos.

Redação |

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Manacapuru, Daniel Guedes, as esquipes de resgate retiraram da água, por volta das 8h, o corpo de um homem e de uma mulher. Eles estão em avançado estágio de decomposição e foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade para identificação.

Conforme Guedes, os corpos foram encontrados por moradores, que acionaram os bombeiros. "O primeiro estava a 2 km do local do acidente e o outro a mais de 60 km", afirmou.

As buscas agora são visuais em razão da grande extensão do rio. "Estamos com uma base da Defesa Civil e dos bombeiros em Manacapuru e outra em Indaiatuba e, quando há qualquer chamado de alguém que diz ter visto um corpo, nos vamos confirmar", informou ele.

A Defesa Civil acredita que seis pessoas ainda estão desaparecidas. Até o sábado, o resgate trabalhava com o número de dez corpos. No entando, segundo Guedes, duas possíveis vítimas foram localizadas com vida. "Eles foram para outro município e não avisaram as famílias, mas estão bem", disse.

Segundo o coordenador, três dos seis desaparecidos seriam parentes do dono do barco e um deles seria, inclusive, o comandante. "Temos informações de que eles não estão desaparecidos, mas sim, foradigos. Então, trabalhamos com as duas hipóteses", esclareceu.

O acidente

O acidente com o barco Comandante Sales ocorreu por volta de 5h30 da manhã do domingo, dia 4 de maio. Os passageiros da embarcação retornavam de uma festa realizada na comunidade "Pesqueiro", em frente à cidade de Manacapuru, do outro lado do rio Solimões.

O Corpo de Bombeiros informou ainda que 15 mergulhadores e mais 40 homens da corporação participaram do primeiro dia da operação de resgate das vítimas.


Exibir mapa ampliado

Esse é o segundo naufrágio em rios amazônicos neste ano. Em fevereiro, a embarcação Almirante Monteiro  afundou após o choque com a balsa Carlos Eduardo, que transportava combustíveis e se deslocava para o município de Itacoatiara, a cerca de 170 quilômetros de Manaus.

Leia mais sobre: naufrágio

    Leia tudo sobre: amazonasnaufrágio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG