Mais de 300 políticos em cargos públicos em 2008 foram cassados

BRASÍLIA - Mais de 300 políticos brasileiros escolhidos para cargos públicos nas eleições de outubro do ano passado foram cassados pelas autoridades devido a crimes de caráter eleitoral ou corrupção, segundo um estudo divulgado hoje.

EFE |

O documento foi apresentado pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), ONG formada por 40 grupos da sociedade civil e movimentos sociais, que em seu relatório adverte que o número de destituições pode aumentar.

Segundo o estudo, 357 prefeitos, vice-prefeitos ou vereadores escolhidos em outubro do ano passado perderam na Justiça Eleitoral os cargos que assumiram em 1º de janeiro deste ano e a grande maioria dos casos se refere à compra de votos.

O relatório também afirma que o número de políticos cassados pode aumentar nos próximos meses, pois as autoridades tramitam cerca de 4 mil denúncias em todo o país.

O movimento indicou que o estudo foi elaborado com base em dados oficiais que constam em registros do Tribunal Superior Eleitoral e que, em sua elaboração, foi analisada a situação em quase 80% dos colégios eleitorais do país. EFE ed/an

    Leia tudo sobre: cassação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG