Mais de 27% de beneficiários do Bolsa Família precisam atualizar cadastro

BRASÍLIA - A secretária nacional de Renda de cidadania, Lúcia Modesto, informou nesta terça-feira que o Ministério do Desenvolvimento Social e de Combate à Fome deve concluir o processo de atualização cadastral de beneficiários do programa Bolsa Família até agosto deste ano. Das 11,1 milhões de famílias atendidas pelo programa, 3.077.284 não passaram por revisão nos últimos dois anos, o que representa 27,42% do total de beneficiário.

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias |

A revisão do cadastro foi iniciada em fevereiro deste ano. O objetivo, segundo o ministério, é efetuar a revisão do Cadastro Único para Programas Sociais do governo, prevista para cada dois anos, e aumentar o controle sobre o programa que transfere mensalmente mais de R$ 900 milhões para população com renda per capta de até R$ 120.

"Trata-se de um processo sistemático da atualização dos benefícios. Com a revisão cadastral dos beneficiários, o ministério busca reforçar a garantia de qualidade das informações e melhorar ainda mais a fiscalização do Bolsa Família", destacou Lúcia. 

Após o mês de agosto, a família que não tiver atualizado os dados terá o beneficio bloqueado. Para estes casos, a orientação é procurar a prefeitura e solicitar a atualização do cadastro e assim obter o desbloqueio do benefício. Mas, a partir de janeiro de 2010, o benefício que continuar bloqueado por falta de revisão cadastral será cancelado", frisou a secretária. 

Na semana passada, o governo federal informou que, entre outubro de 2008 e fevereiro de 2009, mais de 400 mil benefícios de famílias foram bloqueados. Do total, 171.455 famílias se enquadravam no perfil do programa e os benefícios foram desbloqueados após atualização de dados. O restante, 451.021, foram cancelados.  

Nos próximos dias, o governo fará uma campanha no rádio e na TV para explicar todas as fases do processo e mobilizar a população. Os beneficiários que precisam atualizar seus dados receberão ainda, nos extratos de pagamento, avisos para procurarem a prefeitura. O maior número de beneficiários com atualização pendente está em São Paulo, com 426.118 famílias. Na Bahia, faltam atualizar 354.691 cadastros.

    Leia tudo sobre: bolsa família

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG