A chuva continua castigando as cidades da região central do Maranhão nesta terça-feira, 21, principalmente os municípios de Pedreiras e Trizidela do Vale, onde mais de duas mil pessoas estão desabrigadas ou desalojadas.

Segundo a Defesa Civil do Estado, o Rio Mearim, que corta a região, está a seis metros acima do nível normal e continua subindo devido às chuvas que não param há cerca de cinco dias.

Em Trizidela do Vale, que tem uma população estimada em 18 mil pessoas, pelo menos duas mil tiveram que sair de suas casas. Cerca de 300 residências foram danificadas pela enxurrada. Não há feridos os desaparecidos, segundo a Defesa Civil.

Equipes da Defesa Civil estão nesta manhã em Pedreiras, cidade vizinha a Trizidela, para fazer um levantamento sobre os moradores que foram afetados e quais foram os danos causados pela inundação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.